Diferença Entre Cursos Profissionalizantes e Cursos Técnicos!

Se você chegou até aqui, provavelmente quer saber qual é a diferença entre cursos profissionalizantes e cursos técnicos, não é mesmo? Saiba que você não é o único que tem essa dúvida. Fique conosco para entender a diferença entre cursos profissionalizantes e cursos técnicos!

Diferença Entre Cursos Profissionalizantes e Cursos Técnicos

Diferença Entre Cursos Profissionalizantes e Cursos Técnicos

Embora as duas modalidades sejam bastante parecidas e possuam algumas características em comum, também existem grandes diferenças entre elas.

Tanto os cursos profissionalizantes quanto os cursos técnicos tem curta duração e um alto índice de aproveitamento no mercado. Além disso, os profissionais formados em cursos profissionalizantes não competem com os técnicos, já que cada modalidade capacita o aluno de forma diferente.

Vamos entender melhor como cada modalidade funciona?

Diferença Entre Cursos Profissionalizantes e Cursos Técnicos

Os cursos profissionalizantes, geralmente, possuem uma duração que não passa de 6 meses.

Na maioria dos casos, um curso profissionalizante não costuma ter nenhum pré-requisito.

A formação profissionalizante busca capacitar o aluno a exercer funções básicas dentro das empresas e é indicada para quem quer se aperfeiçoar em determinada prática ou ferramenta.

1

Outra grande característica de um curso profissionalizante é que ele não precisa ser aprovado pelo MEC, assim, é considerado um curso livre e não emite diploma. É possível que um aluno formado em um curso profissionalizante receba um certificado de conclusão da instituição, mas o mesmo não terá validade perante o MEC.

Um curso profissionalizante pode ser concluído sem que o aluno precise entregar um trabalho de conclusão e sem que seja necessário passar por uma experiência de estágio.

Como Funcionam os Cursos Técnicos?

Diferentemente dos cursos profissionalizantes, os cursos técnicos, mesmo tendo duração curta em comparação a cursos superiores, demoram um pouco mais para serem concluídos. O tempo médio de um curso técnico é de 2 anos.

Além disso, geralmente, é preciso preencher alguns requisitos como, por exemplo, estar cursando o Ensino Médio ou já tê-lo concluído.

A formação técnica busca capacitar o aluno a executar tarefas que exijam conhecimentos teóricos mais avançados e é indicada para quem deseja ter um currículo que abrange grandes áreas de atuação. Como estes cursos não são tão baratos assim, você tem a opção de realizar as inscrições Pronatec 2017.

2

Todos os cursos técnicos precisam da aprovação do MEC, portanto, os alunos formados técnicos recebem um certificado que possui validade perante o Ministério da Educação, com as disciplinas e horas concluídas, atestando sua formação técnica.

Para que o aluno de um curso técnico receba seu diploma, pode ser necessário elaborar um trabalho de conclusão e concluir uma carga horária mínima de estágio.

Cursos Profissionalizantes e Cursos Técnicos: Qual Escolher?

Agora que você já sabe a diferença entre cursos profissionalizantes e cursos técnicos, fica mais fácil escolher a modalidade que você deseja estudar no momento.

Geralmente, quem opta por um curso profissionalizante já possui um pouco de experiência na área e quer apenas agregar mais conhecimento na profissão que já exerce. Por outro lado, aqueles que querem conhecer mais profundamente uma determinada área acabam escolhendo um curso técnico.

Os cursos profissionalizantes também costumam ser oferecidos por empresas para treinar seus funcionários, capacitando-as a exercer sua função. Já os cursos técnicos são utilizados por muitos alunos como preparação para a faculdade, já que nesses cursos eles poderão ter uma visão mais ampla do que será abordado na graduação, mas em um período menor.

Pense bastante em quais são suas aspirações profissionais e suas atuais necessidades para que, assim, você possa escolher a melhor modalidade de ensino. Bons estudos!

 

Diferença Entre Cursos Profissionalizantes e Cursos Técnicos!
2 votes Average: 5= out of 5!